Buscar
  • Braulio Cruz

Matérias Primas da Impressão 3D

A impressão 3D está revolucionando cada vez mais rápido diversos segmentos do mercado, como engenharia, arquitetura, medicina, odontologia, gastronomia, design, indústrias, entre outros.


O principal propósito desta tecnologia é auxiliar na criação, desenvolvimento e prototipagem de projetos nas suas respectivas áreas de aplicação.


O uso de cada material varia de acordo com o modelo da impressora 3D. Veja abaixo alguns dos principais materiais utilizados neste meio.



PLÁSTICOS: São os materiais mais conhecidos e acessíveis utilizados em impressoras 3D do tipo FDM (alimentadas por termoplásticos), as mais comercializadas hoje em dia.


Alguns dos mais usados são: PLA (poliácido láctico), ABS (acrilonitrila butadieno estireno), PETG (pet modificado com Glycol), HIPS (high impact polystyrene), PET (polietileno tereftalato) e NYLON (poliamidas).


Essas matérias primas são usadas normalmente para decorações em geral, ortodontia, protótipos, entre outras peças. Na Bravo a matéria prima utilizada é o PLA, um plástico biodegradável e atóxico.


METAL: Normalmente utilizado em escala industrial. A impressora espalha uma camada de pó de metal, e em seguida, pulveriza o produto com um reagente para solidificá-lo. Para a finalização, a peça pode ser levada a um forno de alta temperatura. O alumínio, titânio e o aço podem ser utilizados como matéria prima.



CONCRETO: A impressora é um equipamento de enormes proporções, utilizada para o desenvolvimento de blocos, camada por camada, na engenharia, em execução de projetos arquitetônicos , entre outros segmentos. No Brasil, já existem projetos e iniciativas por parte de algumas universidades e Startups em fase de testes. O mercado está sendo preparado para a utilização deste novo método construtivo.

Países como os Estados Unidos e a China já utilizam a tecnologia da impressão 3D na construção civil.



RESINA: Finalidades semelhantes às impressoras que utilizam plástico, porém as impressoras 3D de resina são indicadas para produzirem modelos em alta resolução, sem a percepção de camadas, com um nível de detalhamento bem superior aos plásticos.

São aplicadas em diversos segmentos como odontologia, medicina, design, área educacional, jóias, engenharia e modelagem.



ALIMENTO: Sim! Já existem impressoras 3D que imprimem comida. O alimento é usado como matéria prima para moldar a comida. Algumas impressoras são capazes de imprimir, cozinhar e praticamente servir o prato pronto. Já existem restaurantes e cafeterias ao redor do mundo que utilizam desta tecnologia como atrativos e diferenciais em seus espaços.


Estes são alguns dos principais materiais utilizados no vasto universo da manufatura aditiva (impressão 3D), esta tecnologia incrível, que vem revolucionando inúmeros segmentos profissionais e acadêmicos ao redor do mundo.



Braulio Cruz

CEO Bravo

0 visualização
 

+55 32 99129-7648

Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil | 36036-630

  • Instagram
  • Facebook

©2019 - 2020 por Bravo Tecnologia 3D. Todos os direitos reservados. CNPJ: 35.944.572/0001-03